ORVIETO... 3000 anos de história,de cidade Etrusca a cidade dos Papas...

Para fugir um pouco ao bulício de Roma e dos milhares de turistas, resolvemos fazer um passeio a Orvieto. A cidade despertava em mim muita curiosidade pois consta na minha bíblia das viagens ( "1000 Places to See Before you Die") e ainda num livrinho que eu tinha trazido na nossa última viagem a Milão e que se chama "120 Antichi Borghi d`Italia"! Com acesso fácil partindo da estação de Roma Termini, esta cidade merece ser incluída num programa de visita a Roma ou num percurso de carro na região de Umbria, onde fica situada.
Os vestígios arqueológicos dão conta de que foi construída como cidade fortificada no cimo de uma rocha, a 300 m da altura, no séc. IX a.c. e que os seus primeiros habitantes foram os Etruscos. Nos arredores de Orvieto foram descobertos vários túmulos da época e, mesmo na cidade, existem ainda numerosos vestígios desta antiga civilização, como os do muro que rodeava a cidade há mais de 2000 anos. Foi mesmo o maior centro da civilização Etrusca e a última cidade a ser destruída e anexada pelos Romanos no séc. III a.c. Após o colapso do Império Romano o seu caracter defensivo ganhou grande importância e passou a ser a sede do Poder Episcopal. Na idade média foram construídos os edifícios públicos, numerosas igrejas, a Catedral e muitos palácios privados da aristocracia que ainda hoje se conservam. A partir do séc. XIV passou a fazer parte dos estados papais e tornou-se a segunda casa para perto de 32 Papas, passando muitos deles grandes temporadas na cidade. Durante o saque de Roma em 1527 o Imperador romano Carlos V e o papa Clemente VII refugiaram-se em Orvieto. Este último mandou, na altura, construir o espectacular Pozzo di San Patrizio, uma estrutura circular por onde o Papa podia fugir em caso de ataque e que desce da cidade antiga até ao vale. O mesmo percurso faz hoje o funicular construído em 1888 e que constitui actualmente o mais fácil acesso á parte antiga da cidade onde ruas estreitas, palácios medievais e o fantástico Duomo nos fazem recuar centenas de anos no tempo e pensar que, 3000 anos depois dos primeiros habitantes, também nós estamos em cima da rocha onde alguém, um dia, teve a ideia de construir uma cidade!
Vista de Orvieto dramaticamente construída em cima de uma rocha vulcânica a 300 m de altura e delimitada por escarpas.

Praça em frente à estação e de onde parte o funicular que nos leva à cidade antiga no cimo da colina
Uma das ruas de Orvieto, com os edifícios construídos do mesmo tipo de rocha que constitui a estrutura da cidade.

Palazzo del Capitano Popolo...foi construído no séc. XIII no local ocupado desde 1157 por um dos Palácios Papais
Pormenor do sino que assinala as horas no relógio...

Il Duomo visto por entre as ruas estreitas...

Interior da catedral...começou a ser construída em 1290 e é uma das maiores Catedrais Góticas de Itália. Pensa-se que o original desenho interior de listas de basalto branco e negro é da autoria de um arquitecto florentino. Os famosos frescos sobre o Juízo Final de Fra Angelico que se podem admirar serviram de inspiração a Miguel Ângelo para o tecto da capela Sistina no Vaticano.

Promenor de um dos painéis da fachada principal

Palacio Papal, anexo há Catedral e onde hoje funciona o museu da cidade

Praça em frente há Catedral,com várias esplanadas e lojas da famosa cerâmica de Orvieto...aliás esplanadas, bons restaurantes e lojinhas super tentadoras com artesanato da região é o que não falta em Orvieto!!


Fortaleza Albornoz...mandada construir pelo Papa Inocêncio VI no lugar onde outrora existiu um Templo Etrusco. Alberga um lindo jardim municipal com fantásticas vistas sobre o vale em redor. A foto foi tirada no caminho de regresso ao funicular e que nos levaria de volta á estação. Orvieto merece uma visita mais demorada...ficámos com pena de não ter passado a noite num dos hoteizinhos de charme que por lá havia...

10 comentários:

Carol Wieser disse...

Margarida

Quando você fala em 3000 anos de história me arrepio toda. Por isso que a Europa é tão fascinante, todo lugar possui uma história própria e impressionante.

Orvietro parece mesmo um lugar imperdível... hehehe, mas um né, entre tantos outros imperdíveis também.

Beijos

Margarida Nobre disse...

Carol

Eu sou apaixonada pela história! Queria ter sido Arqueológa...acabei sendo Farmacêutica...hehe...parecido,não?
Por isso também para mim a Europa é tão fascinante!

Tá anotando tudo no caderninho??

Beijos

Carol Wieser disse...

Se estou... tive até que comprar um caderno novo... pois com tantas dicas acabaram-se as folhas!!!

Beijos

Luisa disse...

Oi Margarida

Lendo o seu post, eu fico tentando entender o que eu estou fazendo na Italia que ainda nao fui visitar Orvieto??
Adorei as fotos!

Bjs

Margarida Nobre disse...

Carol

O melhor é comprar logo meia-duzia de caderninhos...ainda vai ter muito para anotar...hehe

beijos

Margarida Nobre disse...

Luisa

Eu acho que Itália é uma fonte inesgotável de história e de lugares fascinantes.Mesmo vivendo aí acho que deve ser quase impossível conhecer todos eles!
No entanto se tiver oportunidade não deixe de ir a Orvieto...vale muito a pena mesmo!!

Beijos

Luisa disse...

Margarida, Orvieto jà està na listinha... :)

Vou ter que viver 3000 anos pra cumprir essa minha listinha...

Bjs

Margarida Nobre disse...

Luisa

Já somos duas com problemas em cumprir listinhas gigantescas...:-)

Bjs

edmea disse...

Estive em Orvieto há 20 dias e me apaixonei. Quero voltar para curtir com mais vagar tudo o que ela tem de maravilhoso.
Quem puder, vá até lá, mas, não fique sómente um dia como eu.

Edméa Calasans.

edmea disse...

Estive em Orvieto há 20 dias e me apaixonei. Quero voltar para curtir com mais vagar tudo o que ela tem de maravilhoso.
Quem puder, vá até lá, mas, não fique sómente um dia como eu.

Edméa Calasans.

AS VIAGENS DE MARGARIDA