A ABADIA DE MELK...esplendor barroco nas margens do Danubio

Inicialmente residência de uma familia poderosa da região,o castelo de Melk foi doado por Leopoldo I aos monges Beneditinos em 1089 e adaptado a mosteiro desde então. Durante o período Barroco no séc XVIII a abadia foi palco de numerosas reformas e desenvolveu importante actividade musical e artistica da época. Durante a anexação da Aústria pela Alemanha, a abadia quase foi disolvida, os monges sofreram ameaças de prisão e o edifício foi transformado em escola secundária. Entre 1975 e 2001 passou por grandes obras de restauro e actualmente continua no centro da actividade cultural e religiosa da região. É património Mundial da Unesco e a mais importante obra barroca da Aústria. É uma delícia para os olhos dos milhares de turistas que a visitam todos os anos e as fotos que todos lhe tiram, não conseguem fazer justiça a tanta beleza...

A praça central da encantadora cidadezinha de Melk, nas margens do Danúbio

O grandioso edifício da Abadia sobranceiro á principal rua da cidade

Feira de artesanato da região numa solarenga manhã de Domingo

Pátio central do mosteiro


Corredor de acesso aos apartamentos imperiais hoje transformado num moderno museu recheado de tesouros medievais


O Salão de Marmóre,onde são realizados actualmente concertos e outros acontecimentos importantes


Vista de Melk desde uma das janelas do Salão de Mármore

Biblioteca, com mais de 100 mil livros, incluí obras editadas desde o séc XVI e uma secção especial de Bíblias raras
A maior atracção da Abadia de Melk é a sua igreja Barroca. Foi concebida como uma obra da glorificação a Deus através da beleza... sem dúvida o objectivo da sua construção foi alcançado...
A nave central e o altar mor são os mais belos e ricamente trabalhados que eu já vi em qualquer igreja...


Detalhe das pinturas de tectos

Os camarotes laterais onde os imperadores assistiam á missa...
Vista do vale de Wachau, uma das regiões víniculas mas importantes da Austria, com o Danúbio ao fundo...

Vista da Abadia desde o rio

6 comentários:

Luisa disse...

Oi Margarida

Uma das coisas de que mais gosto na Europa, em geral, são essas cidades pequenas, charmosas e que escondem mosteiros, igrejas e palacios de tirar o fôlego!

Foi ótimo conhecer Melk com vc!

Bjs

Margarida Nobre disse...

Olá Luisa

Estou completamente de acordo!Eu tb adoro essas pequenas cidades de encantar...
A Austria em particular está cheia delas,cada uma mais bonita do que a outra!
Se ainda não foi tem que dar um passeio por lá... não fica muito longe de Milão!

beijos

beijos

carolwieser disse...

Melk é encantadora mesmo ien?
Nunca em minha vida (ainda) eu entrei em uma igreja com essa riqueza de pinturas e obras. Belíssima.

Beijos

Margarida Nobre disse...

Carol

É mesmo linda!Pelas fotos dá para ter uma ideia,mas a realidade é ainda mais bonita.Aqui na Europa não nos faltam catedrais e igrejas fantásticas,algumas bem maiores do que Melk,mas tão rica de promenores como esta não há muitas não!Além disso o trabalho de restauro que durou mais de 20 anos é tão impressionante que parece que foi acabadinha de construir agora!!

Beijooooooos

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens disse...

BELA matéria, que lugar lindo, e que boas fotos!

Parabéns!

Aproveito para convidar a ler os dois capítulos idiciais do JAPÃO, no fatos & Fotos de Viagens.

Grande abraço, apareça.

Margarida Nobre disse...

Olá Arnaldo

Obrigada pelo seu simpático comentário!
Já passei lá no Fatos e Fotos de viagens e reparei nos posts sobre o Japão que como sempre estão fantásticos!Vou voltar para ler tudo com mais calma!

Abraços

AS VIAGENS DE MARGARIDA