POZNAN,Polónia...o berço da nação...

Decidimos ficar uma noite em Poznan porque o percurso de comboio entre Varsóvia e Wroclaw seria demasiado longo. No início sabiamos apenas que era uma cidade grande, o segundo maior centro financeiro da Polónia a seguir a Varsóvia, e que iria acolher alguns jogos do próximo Campeonato da Europa de Futebol. Quando comecei as pesquisas e me apareceram pela primeira vez as imagens das casinhas coloridas não tive dúvidas... Poznan ia ser incluida no roteiro! Descobri também que a região da Grande Polónia (Wielkopolska), onde se situa Poznan, foi o berço do estado Polaco e esta cidade a sua primeira capital. Foi aqui que a mais forte tribo polaca, os Polanos, fundaram um estado no séc X e onde surgiu a primeira dinastia polaca, os Piast, para governar o país.
Como o tempo era pouco a localização do hotel era fundamental e por isso escolhemos o único que fica exactamente na Praça Central...o Hotel Brovaria. Chegámos num Sábado ao inicio da tarde e logo ficámos apaixonados por aquela que alguns dizem ser a mais bonita Stary Rynek da Polónia! Não sei dizer se é a mais bonita porque todas são diferentes, mas posso afirmar que é a mais elegante! Lindos restaurantes e cafés rodeiam toda a praça de portas abertas para esplanadas com enormes chapéus de sol brancos e cadeiras de palhinha com almofadas a condizer!
Nas esplanadas, pessoas altas, loiras e elegantes (que inveja!!) conversavam animadamente e muitas mais passeavam pela praça e ruas circundantes. O ambiente ficou ainda mais espectacular à noite, com a praça toda iluminada e as esplanadas agora transformadas em românticos restaurantes ao ar livre, lotados de pessoas altas, loiras e ainda mais elegantes...elas em mini- micro-vestidos de noite (eu carregadinha de inveja por não poder vestir um assim, mesmo que o tivesse...hehe!) e eles em camisa e calças "casual chic"!!
Na manhã seguinte ainda tivemos tempo para mais umas fotos e um cafézinho, agora com a praça quase deserta depois da animação da noite anterior...

Se me perguntassem o que mais recordo da Polónia eu diria as Praças do Mercado...Stary Rynek... as praças no centro de todas as cidades que visitámos...todas diferentes...únicas...lindas!



.




A esplanada que pertence ao Hotel Brovaria (a casinha verde claro), agora na manhã de Domingo! O hotel tem também a sua própria destilaria de cerveja , um bar e um restaurante gourmet. O nosso quarto era no último andar com vista...


O actual mercado de Poznan fica mesmo no meio da Praça como antigamente...






O Palácio Dzialynski de estilo neoclássico data do sec XVIII e foi um dos que escapou aos danos provocados pela Segunda Guerra Mundial... é agora usado como biblioteca, teatro, sala de exposições e de concertos...

Os edifícios coloridos muitos deles com lindas pinturas nas fachadas... jantámos nesta esplanada no dia em que chegámos...huumm...também ficámos fãs da comidinha Polaca...


A mais famosa sequência de casinhas coloridas...




A Câmara Municipal de Poznan é um dos edifícios municipais mais bonitos da Europa. Foi construída em 1550-1560 pelo arquitecto Giovanni Battista di Quadro. A fachada possui três filas de arcadas, decoradas com retratos dos reis da Polónia. A principal atracção é a torre do relógio, de onde saiem todos os dias ao meio-dia duas cabras doze vezes, dando marradas...

A Biblioteca Raczynski com a sua fachada de colunas, combina grandiosidade e elegância...foi iniciada pelo conde Edward Raczynski em 1829 que tinha como objectivo fundar um centro de cultura e conhecimento em Poznan...

A quantidade e beleza das Igrejas de Poznan também é surpreendente...





Igreja de Santa Maria Madalena e Santo Estanislau... As obras de construção desta igreja barroca iniciaram-se em 1651 e demoraram perto de 50 anos com a intervenção de vários arquitectos. A caracteristica mais marcante são as enormes colunas de pedra rosa em direcção ao altar-mor, que foi construído em 1727. Perto da igreja ficam também vários edifícios barrocos onde anteriormente existiram um mosteiro e um colégio jesuíta...







A Catedral de Poznan...A primeira igreja pré-românica,foi construída em 966, pouco depois da Polónia ter adoptado o Cristianismo. Os primeiros governantes da Polónia foram aqui sepultados. Depois de danos provocados por revoltas pagãs no séc XI foi totalmente reconstruída em estilo românico e mais tarde remodelada nos periodos Gótico e Barroco. A seguir aos danos provocados pela Segunda Guerra Mundial foi restaurada segundo a sua antiga traça gótica...

A catedral fica na Ilha de Ostrów Tumski que é a parte mais antiga de Poznan. No séc X era o local da primeira cidade capital do estado polaco...

Detalhe do púlpito...a foto foi tirada durante um casamento (das dezenas que vimos na Polónia... aparentemente o casamento é muito popular por lá...hehe)...

Mas Poznan também é uma cidade moderna, palco de muitas feiras internacionais e congressos... estas são as suas outras catedrais...as do consumo...também adorei!


O filhote gostou muito da Nike Poznan...quase tanto como da de Londres...hehe

WROCLAW,Polónia...para além dos duendes...

Chegámos a Wroclaw num Domingo á tarde depois de uma viagem de comboio algo diferente ... ou seja, viajando num comboio de certeza anterior á Segunda Guerra Mundial! Como nos balcões de venda de bilhetes das estações ninguém fala outra língua que não seja a nacional, eu levei o trabalho de casa feito e imprimi todos os percursos e horários que pretendíamos fazer. Quando na estação de Varsóvia, mostrando os meus papéis, tentámos comprar os bilhetes para o percurso Poznan-Wroclaw e no horário que tinhamos previsto, a senhora do balcão, muito admirada, tentou fazer-nos perceber, em polaco muito correcto, que havia um comboio que partia só 10 minutos depois daquele que queríamos e que custava exactamente metade do preço! Agradecemos o conselho e aceitámos, pensando que pouca diferença haveria entre um EC um IC ou um RG...mas havia, e muita! Resultado, fomos num comboio literalmente imundo (nada que nós já não tivessemos visto nos comboios regionais italianos...hehe), que demorou quase mais 1h de viagem, com montanhas de Polacos falando aquela língua incomprensível e pouco dispostos a conceder-nos um espacinho que fosse para nos sentarmos! Á chegada o "oasis" do Art Hotel ( aqui) e a beleza da cidade compensaram bem o esforço...

A igreja de Santa Isabel,com a sua grande torre que domina a Praça do Mercado, é uma das maiores igrejas de Wroclaw. Foi construída no séc.XIV, em estilo gótico, no local de uma igreja anterior.

A Rynek de Wroclaw (praça central), é a segunda maior da Polónia a seguir á de Cracóvia. No centro ergue-se a Câmara Municipal e um conjunto de edifícios separados por pequenas ruelas... muita animação como em todas as outras cidades que visitámos...


As casas em torno da Praça datam do renascimento até ao séc XX...



As horas do relógio da torre são anunciadas por sinos e trompetes...






Uma dos encantadores edíficios em redor da Praça Central...


A Câmara Municipal é um dos mais importantes exemplos da arquitectura gótica na Europa Cental e de Leste...


Para além dos famosos Duendes, que são a imagem de marca da cidade, Wroclaw tem um grande número de esculturas de diferentes artistas espalhadas pela cidade e muitas galerias de arte. Aliás em todas as cidades da Polónia o número de galerias de arte e artesanato que encontrámos é verdadeiramente surpreendente... e responsável pelo excesso de peso na bagagem...hehe

Um dos lindíssimos edifícios Arte Deco, paredes meias com igrejas góticas...

O Teatro Municipal com um laguinho em frente repleto de esculturas...

Vista de uma das margens do rio Odra para a outra, a lindíssima Ilha de Piasek.


As ilhas de Wroclaw, banhadas pelo rio Odra, são locais tranquilos para passear a pé nos seus bem cuidados jardins ou de barco...


Ponte Tumski...Foi construída em 1888 e liga Ostrów Tumski á Ilha de Piasek... No ano 1000 instituiu-se uma diocese e a ilha transformou-se na sede do poder eclesiástico. Talvez seja essa a razão da existência de um grande número de lindas igrejas na Ilha...
A cidade de Wroclaw tem mais de 100 pontes atravessando inúmeros ribeiros, canais e ilhotas...

Ulica Katedralna, com a Catedral de São João Batista ao fundo...

A Universidade de Wroclaw foi fundada pelo Imperador Leopoldo I em 1702 como academia e passou a ser universidade em 1811. Ao londo dos anos teve muitos alunos famosos, dos quais 9 Prémios Nobel, entre eles o físico nuclear Max Born.

A mais famosa sala da Universidade é a Aula Leopoldina, de estilo barroco, que funciona actualmente como sala de conferências...

Uma das muitas e lindas praças de Wroclaw com as suas casinhas coloridas de telhados em forma de árvore de natal...

Algumas das mais originas esculturas da cidade, aparecendo inesperadamente de um e outro lado de uma grande avenida perto da Estação Central...

Mais fotografias aqui

WROCLAW,Polónia...na cidade dos duendes

No início não sabiamos que existia um mapa com a localização exacta dos 123 habitantes especiais de Wroclaw. Saímos do hotel com a intenção de começar a procurar, a partir da Praça Central, mas, apenas alguns passos depois, de repente...lá estava um, deitado na sua caminha! Atravessámos a rua e lá estava mais outro com um coração na mão e grande sorriso... e mais três todos juntos e muito divertidos perto da Câmara Municipal... mais uns metros e mais um com um girassol encostado a um banco fazendo companhia a uma menina que comia um gelado... do outro lado lá estavam dois tentanto empurrar o mundo, com muita dificuldade... e mais dois empoleirados nos candeeiros de uma outra praça... e mais... e mais... nas ruas, inesperadamente, por toda a cidade! Na manhã seguinte, já de mapa na mão, tentámos descobrir os restantes, mas não foi possível... ficámos com muita vontade de voltar para encontrar os que faltaram e não só... porque Wroclaw é linda e tem muito para ver para além dos seus duendes! Merece até dois posts só para ela...














AS VIAGENS DE MARGARIDA