As igrejas de VILNIUS... Lituânia

Na verdade, apesar de as três capitais bálticas ficarem bastante próximas uma das outras, são bem distintas, cada qual com seu encanto.Vilnius foi a que visitei por último e, apesar de não ser uma "cidade de conto de fadas" como Tallinn nem ter a grandiosidade e carisma de Riga, é uma cidade cheia de carácter e com um charme muito particular... 
 ... tal como as outras duas o centro histórico de Vilnius é Património Mundial da Unesco...

 ... as suas praças e pequenas ruas de edifícios coloridos são encantadoras...









 ... no Centro Histórico de Vilnius fica também a Rua da Literatura... uma original forma do país homenagear os seus escritores e pessoas ligares às letras ( professores, tradutores, jornalistas) da Lituânia...





 ... cada uma , das inúmeras ruelas da Old Town, tem um charme único...

 ... percorrendo uma delas deparamos com o Bastião da Artilharia...

 ... mas o mais fascinante de Vilnius, para mim, é a invulgar quantidade de igrejas da cidade...

 ... acho que é a cidade com maior numero de igrejas, por metro quadrado, que eu já vi... e cada uma mais espectacular do que a outra... a Igreja de Santa Ana...

 ... com a Igreja dos Bernardinos logo ao lado...



 ... a lindíssima capela da Gate of Down, constuída sobre uma das antigas portas de entrada da cidade é uma das mais famosas de Vilnius...



 ... a Igreja de São Casimiro, perto da Praça da Câmara, também é um espanto...



 ... a Catedral de Vilnius é a maior igreja católica do país e está situada numa enorme e linda praça... 





 ... com a Torre do Sino mesmo ao lado...



 ... a Praça da Catedral fica no início da maior avenida da cidade, a Gediminas Avenue, onde se situam a a maior parte dos edifícios governamentais, os teatros, muitos restaurantes e lojas...

 ... os palácios que ladeiam a Avenida Gediminas são imponentes e relembram o passado aristocrático da cidade...





 ... tal como os jardins...



 ... sobranceira à Praça da Catedral fica a Torre Gediminas ...tal como a avenida tem o nome do Grão Duque da Lituânia que aqui mandou construir as primeiras fortificações da cidade. É considerado um dos maiores símbolos do país e foi aqui que foi içada pela primeira vez a bandeira da Lituânia, depois da independência no dia 7 de Outubro de 1988...

 ... a vista sobre o rio e sobre a zona moderna da cidade é muito bonita...

 ... tal como a vista da Cidade Antiga...

 ... a Torre Gediminas contém um museu muito interessante sobre a história da Lituânia. Além de achados arqueológicos tem  várias fotografias do cordão humano que se formou desde Tallinn a Vilnius, unindo as três Capitais Bálticas, exigindo a independência da antiga União Soviética... no dia 23 de Agosto de 1989 dois milhões de pessoas uniram as mãos, ao longo de quase 700km, numa manifestação pacífica pela liberdade...



 ... o acesso à Torre Gediminas faz-se por um pequeno funicular, ou a pé...eu recomendo subir no funicular e descer a pé, apreciando as vistas da cidade...





 ... regresso ao hotel antes do jantar... Shakespeare Boutique Hotel ( ver aqui ) ... lindo e bem localizado... recomendo muito! :-)

... e também recomendo o restaurante Mykolo 4, onde jantámos... na Cidade Antiga, perto do hotel, com uma decoração original e uma comidinha deliciosa... :-)

A rainha das capitais bálticas... RIGA, Letónia... a Old Town...

Meus queridos leitores, eu sei que estou em falta convosco...  :-) ...desde Junho que não tenho aparecido mas o tempo é muito pouco... entre a viagem às inesquecíveis Ilhas Faroe, ao magnífico Canadá e as várias idas a Londres não tem sobrado muito tempo para os posts, aqui no Blog... ehehe... Por isso para estarem sempre actualizados deixem o vosso like lá na página das " Viagens de Margarida " ,no facebook, que está sempre mais ou menos em dia... é que no intervalo das idas e vindas ainda tenho que trabalhar... o mundo real é muito aborrecido, mas tem que se aguentar...  ;-) 

... na continuação do post anterior, sobre os magníficos jardins e edifícios Art Nouveau da capital da Letónia ficam agora algumas fotos da lindíssima Cidade Antiga de Riga. Como já tinha falado anteriormente viajámos entre as capitais bálticas de autocarro, na companhia Lux Express, que recomendo muito. Tentei por isso que os hoteis onde ficámos fossem todos a curta distância, a pé, da estação central de autocarros. No caso de Riga fica mesmo ao lado da estação de comboios onde também há um mercado muito animado. O Wellton Centrum Hotel ( ver aqui ) cumpria todos os critérios e ficava já na Old Town e foi , por isso, o escolhido.

 ... a Old Town de Riga é Património Mundial da Unesco desde 1997 e é realmente encantadora. Bastante maior do que a " Old Town" das capitais vizinhas ( Tallinn e Vilnius)  tem uma mistura de edifícios medievais e de outros mais recentes, um grande número de igrejas e palácios, ruas repletas de lojas, restaurantes, esplanadas e uma animação única... adorei! :)





 ... Riga é a maior cidade dos Países Bálticos, com quase 700 mil habitantes...

 ... dos limites da Old Town têm-se uma bonita vista para a zona mais moderna do outro lado do rio...



 ... lindas praças, com edifícios coloridos e jardins bem cuidados...





 ... a Old Town é plana e vedada ao transito automóvel o que quer dizer que é um paraíso para passear a pé...















 " The Three Brothers " , Os Três Irmãos são os edifícios medievais mais antigos de Riga. Diz a lenda que assim se chamam por terem sido construídos por três homens da mesma família... O irmão mais velho e o primeiro a ser construído em 1490 é o edifício branco à direita... depois foi construído o irmão do meio em 1646 e finalmente o mais novo, o verde mais magrinho, no séc VII...  :-)

 ... a cidade de Riga foi fundada em 1201...





 ...a praça da Câmara Municipal  e da sede do governo é maravilhosa...



 ... é linda de dia...



 ...e é mágica ao anoitecer...

... os Países Bálticos além de serem encantadores têm um nível de vida muito acessível, o que permite ficar bem alojado e comer em bons restaurantes com custos muito razoáveis... digam lá que este pratinho não tem um aspecto divino... ehehe
AS VIAGENS DE MARGARIDA