REYKJAVIK, Islândia ... retratos de uma capital a norte do mundo...

A Islândia não é um país para se viajar no formato de tudo incluído, nem para estadias em hoteis de luxo. Também não recomendo a quem gosta de regressar de férias com excesso de compras na bagagem. É sim muitíssimo aconselhado a quem ama a natureza, goste de climas frios e aprecie a beleza das coisas simples... uma viagem á Islândia é, acima de tudo, uma recordação para a vida...

... acordámos em Laugavegur, a principal rua comercial da Reykjavik... o nosso hotel não podia estar mais bem localizado para começar a explorar a cidade no nosso primeiro dia na Islândia...

 ...e como bons Portugueses o primeiro objectivo do dia é beber um café expresso...  :-) ... logo em frente do hotel um cafézinho fofo...

 ... " Small is beautiful "... a visão do mar ao fundo das ruas , o colorido das casas e o incrível céu azul de uma manhã de Agosto...  

 ...Reykjavik é uma cidade pequena , muito fácil de percorrer a pé... 

 ...alguém conhece uma capital europeia com casinhas assim bem no centro da cidade ??... eu não... :-)

 ... Hallgrímskirkja , a Igreja Luterana que é um dos cartões postais de Reykjavik...

 ...com os seus quase 75 m de altura é bem visível de qualquer ponto da cidade... foi projectada para imitar o movimento da lava de um vulcão...



 ... a arquitectura típica das casinhas Islandesas...



 ... encantadoras lojas de artesanato... 



 ...A capital da Islândia, é muito diferente de todas as outras capitais nórdicas. É a capital mais a norte do mundo, numa latitude muito perto do Círculo Polar Ártico. Mais de 60% da população do país vive na cidade. É também aqui que estão concentrados os serviços públicos, museus, bibliotecas, teatros e universidades...





 ...Lago Tjörnin, mesmo em frente á Câmara Municipal, no centro da cidade...

 ... os encantadores edifícios da cidade antiga... com excelentes restaurantes e cafés acolhedores...





 ... e o lindo, lindo, lindo porto de Reykjavik com as montanhas ao fundo...

 ...também repleto de bons restaurantes...



 ... a face moderna da cidade na avenida marginal...

 ...que é possível percorrer a pé junto ao mar...

 ... até outro dos cartões postais de Reykjavik... The Sun Voyager ou Viking Ship de Gunnar Árnason...

 ... uma foto muito especial para o meu álbum de recordações...

 ... o mais famoso edifício de Reykjavik na actualidade é o Harpa Conference & Concert Center... foi projetado por Olafur Eliasson como simbolo da revitalização da cidade e do dinamismo do povo Islandês... é a sede da Iceland Symphony Orchestra e da Icelandic Opera...





...uma das muitas esculturas espalhadas pela cidade...

Conselhos práticos:
Quanto tempo ficar: uma ou duas noites em Reykjavik são suficientes para quem pretenda continuar a viagem e fazer a Ring Road, a estrada que circunda a ilha. Nós ficámos duas porque chegámos de noite no primeiro dia de viagem. Tivemos um dia completo para passear pela cidade. Há quem fique mais tempo em Reykjavik e opte apenas por fazer passeios de um dia á Blue Lagoon e á região conhecida como Golden Circle. Na minha opinião uma viagem á Islândia sem fazer a Ring Road ( estrada 1) nunca será a mesma coisa...

Como ir: de Portugal não há vôos directos. Quem queira fazer uma viagem a um país que, tal como todos os países nórdicos, é tradicionalmente caro no que respeita a alojamento e comida e não tenha um orçamento enorme tem que começar por poupar nos aviões... A Easyjet voa para Reykjavik de Londres, Manchester e Edimburgo. A Wow air ( antiga Icelandexpress) voa de Londres e de outras capitais europeias. Nós fomos de Edimburgo na Easyjet e voltámos de Reykjavik para Londres na Wow air. De Portugal para Inglaterra há imensas opções de vôos de várias companhias. Nós voámos Tap ida-e-volta para Londres, que na época tinha até melhores preços do que qualquer low-cost. Ah...mas claro que para conseguir bons preços reservei , como sempre, os vôos com muuuitos meses de antecedência. :-)

13 comentários:

Beatriz disse...

Menina, onde você foi parar??????
Tenho um sonho secreto(agora não mais, he he) de conhecer este país gelado e seus gêiseres! Mas, quem sabe um dia eu convença o maridão e separe as roupas de lã na mala.....
Deve ter sido uma viagem incrível, não!

Beijinhos e bons ventos por aí!

Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com


Margarida Nobre disse...

Bia

Está a ser uma viagem incrível mesmo! E ainda está a começar... :-)
Não deixe de realizar o seu sonho e convença o maridão de que não há frio que um bom casaco não resolva...eheh...e visitar a Islândia é uma recordação para a vida...
Beijinhos

Suzane Weck disse...

Ola ,adoro viajar,portanto adorei teu blog.Meu abraço.SU

Margarida Nobre disse...

Olá Suzane

Obrigado!
Fico contente que tenha gostado do Blog...
Abraço

solcarina disse...

Wow...)beautiful Picture. Thank you for join me on my blog. I will also follow yOUr blog.

Sending love and light.

Barbara disse...

Que linda ilha! Muita vontade de a conhecer :) Fotos magnificas!!

Margarida Nobre disse...

Barbara

Obrigado!
A Islândia é linda,sim!:-)
Uma das viagens mais incríveis que já fiz...

Lina Valente disse...

Mt bonito. Gostei. Ja foste a Laponia? Tb e uma vaigem bonita. Bjs

Margarida Nobre disse...

Olá Lina!

Não, ainda não fomos. Por acaso a Finlândia é o único país nórdico que ainda não conhecemos...
Um dia destes temos que visitar o Pai Natal...não é lá que ele vive? :-)eheh

Bjs

Pedro Alvarenga disse...

Olá Margarida!
Descobri o blog por acidente e desde logo fiquei agarrado :)
A Islândia está na minha lista de visitas para breve. As dicas de voos foram excelentes e parece-me uma óptima ideia a passagem por Edimburgo (outro local a visitar) ;)
Obrigado pela descrição e o entusiasmo com que relata a viagem :)

Até breve e boas viagens!

Margarida Nobre disse...

Olá Pedro!

Fico contente que tenha gostado do Blog!Espero que continue a seguir os posts sobre a Islândia... :-) ... em breve vou colocar o nosso primeiro dia na Ring Road... :)

Nós escolhemos ir por Edimburgo porque queriamos voltar ao Fringe Festival , o festival de teatro de rua mais famoso do mundo. Já lá tinhamos estado durante uma viagem que fizemos á Escócia e adorámos!
O festival é durante todo o mês de Agosto por isso se planear a sua viagem á Islândia nessa altura tem mais um motivo para visitar Edimburgo ,que é uma cidade belíssima...

Um abraço

Roadrunner disse...

Por aqui o stress é desconhecido...

Saudações!

Margarida Nobre disse...

Roadrunner

Tem toda a razão! :-)

Abraço

AS VIAGENS DE MARGARIDA