VAXHOLM, Suécia... tranquilidade nórdica...

Eu não sou grande apreciadora de destinos de praia (como anteriormente já disse!) mas sou absolutamente fã de destinos com mar!! Gosto pouco de torrar ao sol esticadinha sem fazer nada, mas adoro estar sentada á beira-mar, se possível num dia de sol, sentindo uma brisa fresca e de casaquinho vestido! Conheço uma boa parte das praias frias da Europa e muito pouco das quentes...rsrs...foi, por isso (mas não só!), que fui á Escócia, ao País de Gales, ao Sul de Inglaterra, á Irlanda, á Bretanha e Normandia, ao norte da Holanda, á Noruega e, neste verão, á Suécia e Dinamarca onde todos os dias, sem excepção, vi o mar no horizonte...

Strandvagen... o cais de onde partem alguns dos barcos que fazem passeios para muitas das mais de 30 000 ilhas que compõem o arquipélago de Estocolmo. Numa visita a esta incrívelmente bela cidade da Europa é obrigatório, particularmente se for no verão, tirar, pelo menos, um dia para fazer um passeio de barco. Nós escolhemos ir até Vaxholm que, apesar dos seus pouco mais de 10 000 habitantes, é a segunda maior cidade do aquipélago a seguir a Estocolmo.

O nosso barco, da companhia Stromma era o Stockholm de 1931!
Como no verão é dia até perto das 11 h da noite, muitos passeios são ao entardecer e incluem jantar...
Vista do bairro de Gamla Stan, a cidade antiga de Estocolmo...
A paisagem no caminho... lindas mansões rodeadas de jardins e inúmeras pequenas marinas...

com um inesperado moinho pelo meio...



encantadoras casinhas de madeira vermelho escuro, cada uma com o seu cais e acesso directo ao mar...

O Vaxholm Castle foi construído em 1546 pelo rei Gustav Vasa numa pequena ilha mesmo em frente á cidade. Devido á sua posição estratégica no arquipélago teve uma fundamental importância defensiva ...

A cidade de Vaxholm foi estabelecida em 1558. Durante o séc XIX tornou-se numa importante estância balnear e muitos habitantes de Estocolmo começaram a construir aqui as suas casas de verão...



o passeio marginal em frente ao Vaxholm Hotel...

as típicas casinhas de madeira colorida na rua principal... aqui um restaurante...

muitas lojinhas de decoração e artesanato...

um cafézinho... adorei o pormenor dos preços escritos num mini-quadro de lousa e as mantinhas nas cadeiras...

O edifício do Turismo na praça principal...

e o outro lado da praça...



um pouco mais á frente uma pequena marina e mais umas quantas casinhas...

uma tranquilidade que revigora o corpo e o espirito... tão longe de tudo e ao mesmo tempo tão perto...





A simplicidade nórdica é cativante... casas de férias de madeira com cortinas de renda... era uma destas mesmo que eu queria...

e aqui um bolinho com um nome bem Português no meio de dois Suecos... só não percebi como podia ele estar "furioso" vivendo num lugar daqueles...hehe






8 comentários:

Camila Navarro disse...

Margarida, que bom já ver a Suécia por aqui! Eu ainda estou me animando a começar a escrever. Na verdade, acho que minha cabeça ainda está em ritmo de férias. :)

Acredita que na última noite sonhei que o Eduardo e eu estávamos viajando de carro por Portugal? Será um sinal? rsrs

Beijos!

Claudia Liechavicius disse...

Margarida!
Acabo de descobrir um nome que ainda não havia escutado Vaxholm!!
Adoro conhecer novos lugares e você é mestre em apresenta-los no blog. Vivendo e conhecendo...hehehe.
Linda cidade.
Beijo
Claudia

Margarida Nobre disse...

Camila!

É um sinal!!rsrs...Agora é só transformar esse sonho em realidade...

Beijo grande para os dois!

Margarida Nobre disse...

Claudia!

Não é fácil surpreender as amigas Blogueiras,particularmente vc que já foi a todo o lado!!hehe
Foi exactamente por isso que pensei em falar primeiro de lugares diferentes em vez que colocar já os posts sobre Estocolmo e Copenhaga,que seria o mais normal!
Aguarde que ainda tenho mais surpresas!rsrs

Beijinhos

Barbara disse...

Otima escolha Margarida! Também gosto pouco de estar estendida ao Sol por isso mal posso esperar os restantes posts :)

Roadrunner disse...

Tranquilidade e serenidade, nada que possa pôr alguém furioso!

Saudações do Roadrunner!

Margarida Nobre disse...

Barbara

...e há tantos lugares lindos para quem ,como nós,não é de ficar esticadinha ao sol...;)
Vou tentar colocar em breve mais alguns por aqui...
Abraço

Margarida Nobre disse...

Roadrunner

Tem razão!Só é aceitável na perspectiva de um bolo que eventualmente iria ser comido em breve...hehe...em qualquer outra situação, viver em Vaxholm nunca poderia deixar ninguém "furioso"...
Um abraço

AS VIAGENS DE MARGARIDA