No bairro dos museus...MUNIQUE

A Pinakothek der Moderne ,no bairro dos museus em Munique, foi projectado por Stephan Braunfels e inaugurado em 2002 para albergar a maior colecção de pintura, escultura, arquitectura, design e artes aplicadas dos séculos XX e XXI da Alemanha, e uma das mais importantes do género do mundo... com mais de 20 000 metros quadrados, com enormes salas e galerias de paredes brancas, ligadas por uma rede de escadas que se juntam num círculo central...
Em conjunto, com a Alte Pinakothek e a Neue Pinakothek, também no bairro dos museus, e ainda o incrível Deutsches Museum, o maior museu de ciência e tecnologia do mundo, localizado num enorme edifício construído numa ilha no rio Isar, no centro da cidade, fazem da capital da Baviera um paraíso para os apreciadores de arte... eu adorei esta cadeirinha...ou será cadeirão?...ou poltrona?...ou sofá?...hehe




13 comentários:

Paty disse...

olá, este museu parece muito interessante; às vezes me decepciono um pouco c/ arte moderna, mas as fotos que vc colocou, parece muito curioso.

Carol Wieser disse...

Margarida,

Vou ter que tomar aulas de museu contigo... você está expert no assunto.

Muito interessante e a foto no poltronão ficou superba.

Abs!!

Margarida Nobre disse...

Paty

Eu também nem sempre gosto de arte contemporânea...principalmente quando vejo aqueles quadros todos azuis, vermelhos ou cinzentos!...hehe...mas este museu tem muito para além disso,mostra por exemplo evolução dos computadores desde o seu aparecimento,dos automóveis,do mobiliário,etc...enfim,muitos motivos de interesse.Vale a pena!

Margarida Nobre disse...

Carol!

Poltronão também é um nome engraçado para classificar aquele objecto!...rsrs

Museus é comigo mesmo...vem para cá que eu vou te mostrar um monte deles!Aqui nas Oropa é o que não falta...e para todos os gostos!

Beijoooooos

Antonio e Ellen disse...

Margarida,
Adorei as fotos do museu, ja fui ao museu da Ciencia em Munique mas neste não, da proxima vez, não perderei.
Abs!!
Antonio

Claudia Liechavicius disse...

Oi Margarida!!!!
Que poltrona relaxante, hein??? Quero uma dessas para descansar. hehe
Faz muito tempo que não vou à Munique. Muito mesmo. Nem conheci esse museu. Adorei. Novidade para mim!
Bj
Claudia

Margarida Nobre disse...

Antonio,

Quando voltar a Munique não perca mesmo...é um dos mais engraçados, dentro do género, que eu já vi!

Abraço

Margarida Nobre disse...

Claudia!

Acredite que é mesmo relaxante...dá para fazer de baloiço e tudo...hehe
É natural que vc não conheça este museu se já foi a Munique há muito tempo,porque ele só abriu em 2002.
Da próxima vez não perca!

Beijinho

ROADRUNNER disse...

Pois, terei que voltar a Munique para ver tudo isso que não consegui ver. A minha passagem por lá foi efémera e reduziu-se a 4 horas, de madrugada e com a temperatura nos 6º negativos. Do que me apercebi, achei a cidade muito atraente e as pessoas diferentes (para melhor) das outras cidades alemãs que conheço. Ao contrário do que pensava, parece-me (posso estar enganado) o pessoal da Baviera mais animado e simpático.

Saudações do Roadrunner!

kharhan disse...

Olá,gostaria muito de poder republicar as materias de seu blog achei o maximo, claro que irei citar as fontes e os links.Se possivel fico no aguardo.

Margarida Nobre disse...

Roadrunner

Bem...4h em Munique,de madrugada e com 6 graus negativos,não deve dar para ver muito...hehe...vale a pena lá voltar e ,desta vez, ver tudo com calma,incluindo os muitos museus!
Em relação ás pessoas também acho que são muito simpáticas...mas também achei as pessoas afáveis e simpáticas em outras cidades alemãs onde já estive!

Um abraço

Margarida Nobre disse...

Kharhan

Obrigado pelo elogio ao meu Blog,mas se não se importa não gostaria que republicasse os posts!
Fui visitar os seus blogs e reparei que nenhum deles é específicamente de viagens...
De qualquer maneira, se em algum dos seus posts quiser falar sobre um tema que já tenha sido abordado por mim aqui no Blog,pode sempre fazer um link pontual sobre o assunto...

Anónimo disse...

Obrigado por este destacamento, foi bastante útil e disse um monte

AS VIAGENS DE MARGARIDA