CRACÓVIA...o Castelo Real de Wawel...


O Castelo Real de Wawel em Cracóvia, é uma das residências renascentistas mais magníficas da Europa Central, foi construído para Sigismundo I, o penúltimo rei polaco da dinastia dos Jagelões...

Erguido numa pequena colina na margem esquerda do rio Vistula, o complexo de Wawel, inclui o castelo que foi residência oficial dos reis polacos até ao séc XVII e a catedral gótica onde estes eram coroados... sobreviveu praticamente sem danos á Segunda Guerra Mundial, mas esse milagre tornou-se numa cruel ironia quando foi transformado em quartel-general do governador Nazi da Polónia, que daí dirigiu o extremínio da população judaica... Do alto de Wawel pode ver-se o Bairro Judeu de Kazimierz, onde na altura viviam mais de sessenta mil judeus... Hoje não serão mais de cem...

Entrada principal do Castelo... subindo desde a parte baixa da cidade, que é também o seu belíssimo centro histórico, Património Mundial da Unesco desde 1978...




O bilhete de entrada...a visita completa inclui os Aposentos Reais, os Tesouros da Coroa com uma incrível colecção de armaduras e a exposição de " Wawel Perdida", onde se podem ver achados arqueológicos que mostram o desenvolvimento de Wawel ao longo dos tempos, incluíndo uma capela do séc.XI...




A Catedral de Santo Estanislau e São Venceslau, é uma das igrejas mais importantes da Polónia com mais de mil anos de história. Tem grande significado para o país pois é aqui que estão sepultados os reis Polacos e era aqui que tinham lugar as suas coroações. A actual catedral foi construída entre 1320-1364, mas existiram duas igrejas mais antigas no local (cerca de 1038) das quais ainda existem vestígios...


O Sino de Sigismundo é o maior da Polónia... foi feito em 1520, pesa quase 11 toneladas e tem mais de 2 m de diâmetro. São precisos de oito a doze homens para o fazer tocar, o que só acontece nas ocasiões mais importantes, como a eleição de um papa ou o início e fim de uma guerra. Nessas alturas segundo se diz pode ser ouvido até 50 km de distancia...



Vista da torre da catedral sobre uma das cidades mais bonitas da Europa...


Cúpula dourada da capela de Sigismundo... a catedral gótica possui várias capelas reais de diferentes épocas...

O Pátio do Castelo...o palácio de quatro alas, construído em 1502-1536 foi desenhado pelos arquitectos italianos Francesco Fiorentino e Bartolomeo Berrecci... Depois de a corte real ter sido transferida de Cracóvia para Varsóvia, o palácio foi negligenciado e chegou a servir como quartel militar. No início do séc XX, foi entregue á cidade que o restaurou e transformou em museu...

No interior do Castelo todos os recantos evocam a pompa real... chão de mármore, tapeçarias persas e da Flandres, mobília francesa e quadros representando os diversos reis e rainhas...


O espaço entre os vários edifícios é ocupado por jardins, pequenos restaurantes, cafés e esplanadas, para que seja possível passar o dia interinho mergulhando na história... e um dia não é muito...

O Castelo Real de Wawel, foi o centro da vida cultural e politica da Polónia, continuando ainda hoje a ser visto como um símbolo da identidade nacional...


A colina de Wawel foi fortificada desde os tempos mais remotos. Das fortificações mais antigas ainda existem três torres da segunda metade do séc XV...





Diz a lenda que entre o ano 600 e 800 uma tribo eslava decidiu fixar-se neste local. Na colina construiram o seu Castelo e a seus pés levantaram uma pequena cidade. O seu rei chamava-se Krak que originou o nome actual de Cracóvia. O castelo do rei Krak foi erguido sobre rochas muito altas que formavam fendas. Numa dessa fendas vivia um gigantesco dragão que se alimentava das ovelhas e raptava as donzelas. A população vivia assustada e nem se atrevia a sair á rua. Um dia o rei resolveu oferecer a mão da sua filha ao valente rapaz que conseguisse matar o dragão! Muitos cavaleiros tentaram sem sucesso abater o dragão até que um jovem sapateiro teve a ideia de fazer uma ovelha gigante de pele recheada com enxofre e colocou-a á porta do dragão. Quando o dragão guloso viu a ovelha tratou logo de a comer mas o enxofre fez com que ficasse com a barriga a arder... para tentar apagar o fogo lançou-se ao rio Vistula e bebeu tanta água que explodiu! O esperto sapateiro de nome Skuba casou-se com a princesa que achou que era bom ter um marido tão esperto e engenhoso...hehe...ainda hoje se chama em Cracóvia "Skubany" a alguém que seja esperto e capaz de sair de situações difíceis! Desta história só resta hoje uma enorme gruta conhecida como "Cave do Dragão" na qual se pode entrar visitando o Castelo e o Dragão tornou-se uma mascote muito querida da cidade! Qualquer turista que se preze leva sempre um dragãozinho como recordação...

Este é o meu...

28 comentários:

Claudia Liechavicius disse...

Aí está um lugar muito interessante que não conheço. Seu relato está maravilhoso, com direito a lenda...hehe...Adorei! A Polônia é um sonho de consumo para o próximo ano.
Muito bom.
Bj
Claudia

Margarida Nobre disse...

Claudia!

Não é fácil encontrar um lugar que vc não conheça...hehe!
Boa ideia ir lá no próximo ano...a Polónia é um país surpreendente...eu também já tenho planos para uma próxima visita!

Bjs

Claudia Liechavicius disse...

Margarida, como você colocou aquele bunner do blog de viagens? Eu também estou lá e gostei da sua idéia.

Carol Wieser disse...

Flor!

Seu blog é um poço de cultura (e de dragões). Risos
Adorei a história, com direito a Souvenir e tudo!

Nem imaginava Cracóvia assim, alias nem imaginava que existiu dragões em Cracóvia. Adorei.

Beijos

Margarida Nobre disse...

Claudia!

Enviei um email com o código secreto...hehe...para vc poder colocar o selo do Blogs de Viagens!

Beijos

Margarida Nobre disse...

Carolzinha!

O meu dragãozinho é bem especial...reparou no cabelo??hehe
Tem que ir lá buscar um também...Cracóvia é linda!

Beeeeeijinhos
Ps:quando vier não se esqueça de trazer o equipamento para mergulhar no Rio Vistula,para finalmente se descobrir onde para o Dragãozão!hehe

Camila disse...

Margarida, esse é um lugar em que acho que daria mesmo para passar um dia super agradável. Lindo!

Beijos!

Claudia Liechavicius disse...

Margarida, você é realmente uma flor. Obrigada pelo código secreto...rsrsrs Já está lá.
Bjs
Claudia

Roadrunner disse...

Excelente lição de história!
Quando lá estive, o castelo estava em obras, para não variar. Sempre que vou a algum lado acabo sempre por encontrar um monumento importante fechado e/ou em obras. Consegui ver o castelo por dentro, mas nem todos os sectores estavam disponíveis ao público. Acrescentar que o tempo também não era muito propício a visitas, pois nevava e a temperatura andava pelos 7º negativos!

Saudações do Roadrunner!

Margarida Nobre disse...

Camila

Sim,é um local bom mesmo para passar o dia!Lindo como toda a cidade...

Bjs

Margarida Nobre disse...

Claudia!

Ainda bem que o código secreto funcionou...hehe...já fui confirmar se a "operação" correu bem e vi que sim!hehe

Bjs

Margarida Nobre disse...

Roadrunner!

A mim também me aconteceu deparar com obras de restauro,mas na Praça Central...o que não foi nada bom para as fotos!Aparecia sempre uma grua indesejada...hehe
Com 7 graus negativos e uma parte dos edíficios fechada,não foi a melhor época para visitar o Castelo realmente...tem que voltar lá de novo! Nós apanhámos um tempo incrível...

Abraços

Luisa disse...

Oi Margarida,
Cada vez que leio sobre Cracovia me vem um ruim... Passei o dia todo na cidade e nao visitei absolutamente nada.
Quer dizer, fiquei o dia todo presa na Universidade(Que é maravilhosa por sinal!)...
Adorei teu relato e a lenda!
Bjs

Margarida Nobre disse...

Luisa

A Universidade é espectacular!Nós fizemos o tour guiado com um Polaco que tinha um enorme sentido de humor...foi muito engraçado!
Os bonecos que saiem do relógio e os tropetes que anunciam as horas também são giríssimos!
Mas não ter visto mais nada em Cracóvia foi realmente uma falta grave...hehe

Bjs

Chris Pessoa disse...

Cracóvia... está aí! Mais um lugar que eu gostaria de conhecer um dia.
Beijos!

Fê Costta disse...

Nossa, que lugar lindo!! Uma viagem no tempo, sem dúvida!!

Bjos!! :)

Margarida Nobre disse...

Chris

Agora que vc vive na Europa ficou muito mais fácil conhecer este e outros lugares lindos...

Bjs

Margarida Nobre disse...



Eu sei que já viajou para a Europa de Leste,mas penso que ainda não foi á Polónia!Tem que ir porque é um país lindo e com uma história incrível...

beijos

Barbara disse...

Adorava ir a Cracóvia, espero que esteja para breve :)

Obrigada pelo post, vai ser muito útil para planear a minha visita a Cracóvia!

Margarida Nobre disse...

Bárbara

Espero colocar em breve mais posts sobre Cracóvia...mas se for á Polónia não deixe de ir também a Varsóvia,que contrariamente ao que se diz é uma cidade linda!
Para dizer a verdade das quatro cidades que visitei acho que foi a que mais me marcou...

Bjs
Ps:um conselho...vá no Verão!

Viagem Afora disse...

Margarida, viemos aqui para dar uma viajada na Polônia, que é um lugar que não conhecemos... ainda!! Lindas fotos e texto ótimo ! Qdo formos lá com certeza, voltaremos aqui para pegar as dicas. Viemos tbém para agradecer sua importante visita e comentário, muitissimo obrigado.
Sempre voltaremos aqui...bjs
www.viagemafora.blogspot.com

Margarida Nobre disse...

Antonio e Ellen

Obrigado eu pelos vossos comentários tão simpáticos!

Não deixem mesmo de ir á Polónia!É um pais lindo e cheio de história!
Ainda não coloquei nenhum post sobre Varsóvia,que foi a minha preferida,mas está para breve...

Bjs

Wanessa disse...

Margarida, estou planejando ir à Polônia em maio. Meu objetivo é ir a Cracóvia e Varsóvia.
Já li seu ótimo relato sobre Cracóvia, mas não encontrei nada sobre Varsóvia. Você esteve lá?
Ah, e quantos dias são necessários para visitar cada cidade?
Obrigada!

Margarida Nobre disse...

Wanessa

Eu estive na Polónia no verão passado,e além de Cracóvia visitei Wroclaw,Poznan e claro Varsóvia!
Já coloquei posts aqui no Blog sobre todas com excepção de Varsóvia...porque foi a minha preferida!Tenho tanto a dizer que nem sei por onde começar...
Quase toda a gente que visita as duas cidades,gosta muito mais de Cracóvia ( fiquei 4 noites lá),mas eu preferi Varsóvia ( fiquei 3 noites,mas achei pouco!).
O tempo em cada cidade depende do que vc quiser visitar,mas em Cracóvia eu penso que o minimo são 4 noites,principalmente se quiser ir a Auschwitz e ás Minas de Sal( eu já nem consegui visitar as minas...)Em Varsóvia,se vc não for apaixonada por história como eu e só quiser visitar o centro histórico que é o mais bonito da Polónia,2 ou 3 dias bastam.
Se precisar de mais alguma informação é só falar!

Wanessa disse...

Obrigada pela resposta, Margarida!
Até agora, o meu roteiro está com 3noites em Varsóvia e 3 em Cracóvia, mas, entre as duas, é fácil refazer a divisão, já que o deslocamento é de trem. Pelo que você falou, talvez deixe assim mesmo. Com certeza vou a Aushwitz, mas as minas de sal, tenho de estudar melhor.
Fico esperando o post de Varsóvia!

Margarida Nobre disse...

Wanessa

Tenho a certeza que vai gostar muito da Polónia,mas o ideal seria ir no Verão( Julho/Agosto)!
Se só puder ir em Maio espero que tenha sorte com o clima,para poder aproveitar bem a viagem...
A Polónia é o país com as mais lindas praças que eu já vi...
Bjs

rejane lima disse...

Fiquei fascinada pela beleza do lugar que, talvez, só venha a conhecer por fotos. Me interessei por Cracóvia porquê estou lendo um livro e o autor comenta sobre o Castelo de Wawel que se tornou um quartel general com centenas de bandeiras nazistas ocupando sua decoração... Ainda bem que ele se manteve intacto, mantendo sua magnífica decoração. Seu relato está maravilhoso. Abraços, Rejane

Margarida Nobre disse...

Olá Rejane

Obrigado!
Cracóvia é uma cidade linda! Quem sabe um dia vc não vai até lá conhecer o Castelo...
Abraços

AS VIAGENS DE MARGARIDA